Skip to main content
Regina Duarte bate continência durante discurso

Como chegamos tão baixo?

Esse texto não é para ninguém especificamente. Mas para pessoas que formam um grupo com um pensamento em comum. Pode ser um desabafo pra avó do zap, que canta “pra frente Brasil”. Vamos chamar essa pessoa de Regina Duarte. Mas pode ser Pugliesi. Pra amiga que dá uma festa durante o isolamento social e diz “foda-se a vida”. Ou pro tiozão do churrasco. Pode ter o nome de Biroliro, então. Ou Jair. Ou Osmar, ou Hang. Enfim…

Leia Mais