Skip to main content

Rio de Janeiro: guia de onde comer e beber

Já escrevi bastante sobre o Rio aqui no blog. Um dos programas que eu mais gosto de fazer na vida é sair para comer, mas nunca contei alguns dos lugares que eu mais gosto de ir no Rio. Esse post não é um “Guia Michelin”, com aqueles restaurantes super clichês, dos chefs renomados, etc. São restaurantes e bares pra “gente comum”, classe média (alta), que assim como eu também gosta de sair para comer e beber.

Leia Mais

Que venha 2017! Feliz ano novo!

Todo fim de ano é a mesma coisa, pode reparar: um monte de gente começa a falar “que ano ruim!”, “acaba logo ano”, “ano interminável!”… com 2016 não foi diferente! É claro que 2016 foi um ano complicado pra muita gente, com desemprego recorde no país, tragédias… não quero parecer egoísta só porque meu ano foi maravilhoso, mas acho que precisamos encarar a vida de outra maneira.

Leia Mais

O tempero da vida

Existe vida sozinho, é claro! Assim como existe comida sem tempero. Mas não é muito melhor um prato bem temperado? A vida, como nossas refeições, também fica muito mais saborosa com o seu tempero especial: amor e uma boa companhia.
Leia Mais

A incessante busca pela qualidade

Defendo a teoria de que pra tudo na vida há a possibilidade de se fazer bem feito ou não. Isso não significa ser necessariamente o melhor, mas implica em buscar o seu próprio melhor. Implica em se dedicar e buscar qualidade sempre.

Leia Mais

Pequenos sim, mas sem pequenez

Semana passada, a Nasa divulgou que descobriu um planeta com características muito parecidas com as da Terra e em uma potencial zona habitável do Universo. Isso é incrível! Mas, para além de toda a importância científica da descoberta, o fato reforça também uma constatação um tanto quanto perturbadora para os humanos: somos mesmo muito pequenos no Universo! Então por que nos importamos com a roupa da vizinha? Ou com o cabelo da pessoa na rua? Isso sem falar que você viu o que aconteceu com o Pedro?

Leia Mais

Star Wars e os fenômenos culturais mundiais

O mundo ficou empolgado com o lançamento do novo trailer de “Star Wars – O Despertar da Força”. O mais curioso é que a animação envolveu pessoas das mais diversas idades. De adolescentes a sessentões (aqueles que eram jovens quando surgiu o primeiro Star Wars em 1977), só se falou nisso. O que me levou a questionar se seria “Guerra nas Estrelas” o maior fenômeno cultural mundial do último século.

Leia Mais