Skip to main content

Brasileirão 2017: resultado das previsões

Com o fim da Série A de 2017, que teve título antecipado do Corinthians e intensas disputas até o último minuto por vagas na Libertadores e para fugir do rebaixamento, é hora de conferirmos o resultado da nossa brincadeira de maio. Assim como em 2016em 2015, é hora de ver como eu me saí nas previsões para as campanhas de cada time no Campeonato Brasileiro. Será que mandei bem ou não? Vamos conferir:

Critério adotado de classificação para as minhas previsões:

\o/ Acertei!
~~ Not bad: passei perto, ainda em uma margem aceitável.
:/ Errei.
:‘( Errei feio, errei rude, passei longe!

Classificação final do Campeonato Brasileiro de 2017

Atlético-GO (Previsão: * – Briga para fugir do rebaixamento): por todo o ano do Dragão, essa não era exatamente difícil, né? Resultado da previsão: \o/ Acertei!

Atlético-MG (Previsão: ***** – Briga por título): os ótimos jogadores “no papel” nunca se transformaram em um “time” de fato. O Galo acabou tendo um desempenho muito aquém da minha previsão de maio. Resultado da previsão: :‘( Errei feio, errei rude, passei longe!

Atlético-PR (Previsão: *** – De férias em Novembro): só não ficou totalmente “de férias em Novembro” porque em vez de G6 tivemos um G8 (ainda possível G9) no Brasileirão desse ano. Considerando que eu previ que o Furacão ficava entre 9º e 13º e o rubro-negro terminou em 11º, dá para dizer que essa eu acertei. Resultado da previsão: \o/ Acertei!

Avaí (Previsão: * – Briga para fugir do rebaixamento): o próprio time dizia que a meta era ficar na Série A, o que acabou não acontecendo por causa de um ponto. Resultado da previsão: \o/ Acertei! 

Bahia (Previsão: ** – Deve ficar, mas pode brigar para não cair): o tricolor foi ligeiramente superior ao que eu previ em maio e chegou até a sonhar com uma vaga na Libertadores (lembrando que em vez de G6 tivemos G8 – possível G9 – nessa Série A). Resultado da previsão: ~~ Not bad: passei perto, ainda em uma margem aceitável.

Botafogo (Previsão: *** – De férias em Novembro): a previsão “de férias em Novembro” considera que o alvinegro terminaria o campeonato entre 9º e 13º. Como ele terminou em 10º, poderia até “forçar” e dizer que eu acertei, mas a verdade é que a classificação final do Botafogo foi bem abaixo do que ele figurou em quase todo o campeonato, só sendo decidida negativamente na última rodada. Por isso, dizer que eu acertei que o time estaria “de férias”, sem disputar nada no fim, seria exagero… Resultado da previsão: ~~ Not bad

Chapecoense (Previsão:  ** – Deve ficar, mas pode brigar para não cair): subestimei a Chape. Além de se reerguer e não passar sufoco, ainda conseguiu uma vaga na pré-Libertadores (G8). Resultado da previsão: :‘( Errei feio, errei rude, passei longe!

Corinthians (Previsão: **** – Briga por Libertadores): apesar de eu ter escrito que o alvinegro paulista poderia surpreender a previsão e disputar o título, a verdade é que o Corinthians sobrou nesse Brasileirão. Título mais do que merecido, com muita, mas muita vantagem para os rivais e os outros times apontados como favoritos. Errei feio não tanto pela classificação final, mas mais pela forma como foi o título mesmo. Resultado da previsão: :‘( Errei feio, errei rude, passei longe!

Coritiba (Previsão: ** – Deve ficar, mas pode brigar para não cair): mais um típico caso de que Estadual não é parâmetro para Série A. Os sinais de alerta estavam por todos os lados. Resultado da previsão: \o/ Acertei!

Cruzeiro (Previsão: *** – De férias em Novembro): na verdade o Cruzeiro entrou de férias em Setembro, mas por uma ótima causa para o torcedor celeste: foi campeão da Copa do Brasil. Apesar da vaga na Libertadores garantida com esse título, o Cruzeiro seguiu bem no Brasileirão e terminou no G5 – o que daria mais uma vaga ao time! Resultado da previsão: :‘( Errei feio, errei rude, passei longe!

Flamengo (Previsão: ***** – Briga por título): em nenhum momento o rubro-negro “encaixou” nesse Brasileirão e ameaçou o líder Corinthians. Seja pelo alto número de jogos de competições simultâneas no ano (em que chegou em duas finais – Copa do Brasil e Sul-Americana), seja por desfalques “fora da curva” como os de Éderson (câncer) e Guerrero (doping), a verdade é que nem Zé Ricardo nem Rueda fizeram o Flamengo entregar o futebol que dele se esperava nessa Série A. No fim (literalmente – aos 48 do segundo tempo do último jogo), uma vaga direta na Libertadores da forma que o torcedor rubro-negro gosta (com emoção) para amenizar as frustrações a longo do campeonato. Resultado da previsão: :‘( Errei feio, errei rude, passei longe!

Fluminense (Previsão: **** – Briga por Libertadores): sempre falo que os estaduais não podem ser parâmetro, mas me deixei levar pelo bom início de ano do tricolor (famoso #empolgou rs, apesar de eu ter levantado algumas dúvidas). Chegou a ver de longe a ameaça do Z4, e apesar de não ter corrido um risco real de rebaixamento, ficou sempre mais perto dessa turma do que da que brigou por Libertadores. Resultado da previsão: :‘( Errei feio, errei rude, passei longe!

Grêmio (Previsão: **** – Briga por Libertadores): o melhor time do ano. Campeão da Libertadores, semifinalista da Copa do Brasil, e sempre entre os primeiros do Brasileirão. Só não disputou o título de fato por causa da campanha totalmente absurda do Corinthians no primeiro turno e porque poupou jogadores em diversas rodadas, como eu havia alertado que poderia acontecer. Resultado da previsão: \o/ Acertei!

Palmeiras (Previsão: ***** – Briga por título): é verdade que o Cuca não deu certo e que o Corinthians dominou a liderança do Brasileirão. No entanto, vou considerar que acertei por dois motivos: foi o único capaz de minimamente ameaçar o líder (se tivesse vencido o Cruzeiro no Allianz Parque e o confronto direto com o Corinthians…) e terminou em 2º, dentro da margem da minha previsão. Resultado da previsão: \o/ Acertei! OK? Concorda?

Ponte Preta (Previsão: ** – Deve ficar, mas pode brigar para não cair): caiu na penúltima rodada do campeonato e terminou 4 pontos atrás do 18º colocado, o que seria a margem da minha previsão de maio. Resultado da previsão: :/ Errei.

Santos (Previsão: ***** – Briga por título): com três derrotas em quatro jogos, Dorival Jr. caiu logo cedo. Se o Peixe não brigou por título, foi tranquilo para a Libertadores, porque depois do início ruim, se recuperou e sempre frequentou as posições de cima da tabela. Resultado da previsão: ~~ Not bad

São Paulo (Previsão: **** – Briga por Libertadores): apesar de eu ter escrito que o tricolor paulista era “a grande incógnita do Brasileirão”, a previsão de Maio foi muito otimista. Rogério Ceni não durou, o São Paulo chegou a ser ameaçado de rebaixamento (ficou em penúltimo em três rodadas da Série A) e só teve uma ínfima chance de Libertadores no final por causa da possibilidade de G8-G9 em vez do previsto G6. Resultado da previsão: :‘( Errei feio, errei rude, passei longe!

Sport (Previsão: ** – Deve ficar, mas pode brigar para não cair): Diego Souza e André comandaram a permanência do Leão na Série A, que chegou a parecer muito improvável e só veio na última rodada. Resultado da previsão: \o/ Acertei!

Vasco (Previsão: ** – Deve ficar, mas pode brigar para não cair): com Milton Mendes, o ano do Vasco se encaminhava para ficar exatamente dentro do que previ em Maio. No entanto, com a chegada de Zé Ricardo, o futebol e o aproveitamento melhoraram e culminaram em uma vaga para a pré-Libertadores. O que parecia sonho distante no início do ano se concretizou – e minha previsão foi por água abaixo! Resultado da previsão: :‘( Errei feio, errei rude, passei longe!

Vitória (Previsão: * – Briga para fugir do rebaixamento): mais um caso típico de time que tinha todos os sinais de alerta ligados. Escapou da Série B pela margem mínima, graças a dois gols de saldo de diferença para o Coritiba (e não 1, como estão dizendo por aí, porque se empatassem no saldo, o Vitória ainda tinha mais gols marcados, o próximo critério de desempate). Resultado da previsão: \o/ Acertei!

Placar final:

\o/ Acertei! – 8/20
~~ Not bad – 3/20
:/ Errei – 1/20
:‘( Errei feio – 8/20

Avaliação: em comparação com 2016, acertei um pouquinho mais (8 contra 7); somando com os 3 “not bads” dá um pouco mais da metade dos times (11 de 20) com boas previsões feitas. O problema é que meus erros feios esse ano foram maiores do que em 2016: em vez dos 3 erros “aceitáveis” e 6 “feios”, em 2017 tive só 1 erro “pequeno” com 8 “erros feios”.

E aí, estou aprovado como “vidente”? E como você se saiu com suas previsões? Acertou ou passou longe? Qual time te surpreendeu? Conte nos comentários!

Foto em Destaque: Lucas Figueiredo | CBF

Greg

Greg

Carioca, mangueirense, jornalista formado pela ECO-UFRJ.

Comente