Skip to main content

Análise de times 1/4 – O Brasileirão vem aí!

Vai começar o Campeonato Brasileiro de 2015! Esse é o primeiro de quatro posts que vão analisar os times da Série A. Hoje, temos Atlético-MG, Atlético-PR, Avaí, Chapecoense e Corinthians:

Atlético-MG

O Galo se tornou um time acostumado a decidir. Superar jogos importantes, adversidades monstruosas e pressão tem sido a marca dos últimos anos do Atlético-MG. Porém, um campeonato longo, com decisões “em partes” (toda rodada da primeira agora em maio até a última em dezembro vale três pontos) e sem “decisões claras”, como é o Brasileirão, pode prejudicar esse “espírito de jogos grandes” da equipe. Além disso, envolvido em Libertadores e na defesa do título da Copa do Brasil, o clube pode acabar deixando o Brasileiro meio de lado em vários momentos, fazendo o alvinegro mineiro perder alguns pontos preciosos. Previsão: **** – Briga por Libertadores.

Atlético-PR

O Furacão fez a sua pior campanha no Campeonato Paranaense desde 1967. Foi um começo de ano assustador! E talvez, por isso mesmo, passe o Brasileirão sem sustos. O Estadual pode ter servido de alerta para a equipe e uma ótima chance de corrigir os rumos a tempo de fazer uma Série A decente. Acredito que a torcida rubro-negra será fundamental: lotará a Arena da Baixada, transformando-a num caldeirão, esquecendo a péssima campanha no Paranaense ou irá ao estádio em menor número e/ou mantendo os protestos (feitos com razão) vistos durante o Estadual? Previsão: ** – Deve ficar, mas pode brigar para não cair.

Avaí

O Avaí fez um Campeonato Catarinense muito ruim, com reais chances de ser rebaixado. Nas últimas rodadas do “quadrangular do rebaixamento”, porém, a equipe parece ter tido uma leve melhora. Além disso, assim como o foi o caso do Atlético-PR, a péssima campanha no Estadual parece ter servido de alerta e a diretoria do clube fechou um pacotão de reforços. O time vai ser muito modificado e ter que fazer isso já com o Brasileirão em andamento deverá ser muito prejudicial à equipe. Previsão: * – Briga para fugir do rebaixamento.

Chapecoense

Confesso que a Chapecoense queimou a minha língua em 2014. Eu dizia que ela seria o “novo América-RN”, que em 2007 fez a pior campanha de uma equipe na história dos pontos corridos (com somente 17 pontos conquistados em todo o campeonato!). O time de Chapecó foi uma grata surpresa, mostrando força principalmente nos jogos em casa, na Arena Condá. Fez um Campeonato Catarinense mediano e precisará mais do que nunca fazer valer o mando de campo. Previsão: * – Briga para fugir do rebaixamento.

Corinthians

Para mim, foi o melhor time do Brasil nos primeiros meses de 2015. Tem ótimas peças e um excelente técnico. Alias, a meu ver, Tite deveria ser o atual treinador da Seleção Brasileira, mas não vou entrar nesse assunto. A equipe é compacta, sai em velocidade e com trocas rápidas de passes. Quer dizer que é imbatível? Não, longe disso! Se, por um lado, o Corinthians-2015 é muito animador, por outro a equipe mostrou pouco poder de decisão em jogos importantes e parece ter caído bastante de rendimento. Sofreu para passar da Ponte Preta no Campeonato Paulista mesmo jogando em casa e foi eliminado pelo Palmeiras. Além disso, perdeu para o São Paulo na última rodada da fase de grupos da Libertadores (com o atenuante das circunstâncias da partida, com a expulsão de Emerson Sheik, etc.) e perdeu há pouco para o Guaraní-PAR no primeiro jogo das oitavas de final. Elias e Renato Augusto destoam positivamente no futebol jogado aqui, mas, em compensação, o ataque do Timão para o campeonato ainda é uma incógnita: Guerrero fica ou sai? Sheik manterá a cabeça no lugar e evitará cartões e suspensões? E Vagner Love voltará a jogar bola? Até agora, não disse a que veio… Apesar desses questionamentos, minha previsão é: ***** – Briga por título.

 

Caso queira ver os detalhes dos critérios para previsão de cada equipe, assim como as demais análises, clique aqui.

Foto em Destaque: Facebook Oficial CBF

E aí, concorda com as previsões? Comente com as suas para compararmos em dezembro!

Greg

Greg

Carioca, mangueirense, jornalista formado pela ECO-UFRJ.

Comente